Fempi participa de audiência para instalação do Instituto Federal em Itaquaquecetuba

Instituto Federal - Itaquaquecetuba

Reunião teve como objetivo direcionar os rumos da unidade do Instituto Federal que está sendo construída no município

A Secretaria Municipal de Educação de Itaquaquecetuba recebeu na manhã desta sexta-feira (13 de maio) a 1ª Audiência Pública para direcionar os rumos da unidade do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), que está sendo construída no município.

A Frente Empresarial Pró-Itaquaquecetuba (Fempi) foi representada pelo seu presidente Augusto César dos Santos e a reunião foi conduzida pelo reitor da IFSP, Eduardo Antônio Modena.

O objetivo da audiência foi apresentar como funcionará toda a estrutura da instituição, o nível dos professores e, principalmente, começar a ouvir a população, entidades empresariais e órgãos públicos sobre as principais carências da cidade em relação à qualificação profissional.

Após a coleta de informações, os cursos serão direcionados para o IFSP desenvolver uma grade curricular para formação de profissionais que atenderá as principais demandas em Itaquaquecetuba. “A grande função do Instituto Federal é qualificar profissionais. São cursos de vários tipos, desde licenciaturas e bacharelados, até qualificações técnicas e cursos específicos de pequena duração. Por ser uma região industrial, certamente teremos cursos voltados às essas áreas e, assim, melhorar o nível da mão de obra itaquaquecetubense”, explicou o reitor Eduardo Modena.

Instituto Federal - itaquaquecetuba
Presidente da Fempi Augusto César dos Santos esteve ao lado da secretária Verônica Barbosa e do reitor Eduardo Modena

O responsável pelas mais de 30 unidades do Instituto Federal espalhados por todo o Estado de São Paulo também falou das previsões para as primeiras turmas. “A audiência é a primeira etapa para conhecermos melhor o que precisa ser feito e quais áreas precisam ser atendidas como prioridades. Teremos outros encontros e, em breve, vamos definir quais cursos serão implantados na cidade. A previsão de entrega da primeira fase das obras é o primeiro semestre de 2017, para que no segundo semestre já tenhamos as primeiras turmas formadas” concluiu.

Já o presidente da Fempi ressaltou a importância de qualificar profissionais e ter trabalhadores capacitados que sejam de Itaquaquecetuba. “Hoje o setor industrial tem algumas dificuldades de encontrar bons profissionais e, por isso, a grande maioria acaba vindo de outras regiões. Com a chegada do Instituto Federal a qualificação dos trabalhadores e jovens da região será melhor e isso fortalecerá nosso setor industrial. A principal função da Fempi em participar de perto dessas decisões é orientar sobre as grandes necessidades e setores que mais podem ser beneficiados pelos cursos que serão oferecidos”, explicou Augusto Cesar.

Ciente das necessidades de formações técnicas da cidade, a secretária municipal de Educação, Verônica Cosmo Barbosa, ressaltou a importância da chegada do IFSP. “Temos uma carência nas formações técnicas que serão supridas com a chegada do instituto. Os cidadãos terão grandes oportunidades em Itaquá, além da oportunidade que se estende aos outros municípios da região. Nas próximas audiências, contamos com mais apoio da população e dos órgãos privados para termos cursos específicos que melhorem a educação de Itaquaquecetuba”, afirmou.  As obras seguem e a unidade terá uma área de 26 mil m² , localizado na Avenida 1º de Maio, no Bairro da Estação.

Open chat
Posso ajudar?
Powered by